fbpx
Capas e Acessórios Para Celular

Marketing sensorial: deixe a sua loja mais atraente para vender mais

novembro 29, 2018
Marketing sensorial
Tempo de leitura 6 min

A competitividade do mercado atual exige, cada vez mais, que as empresas se reinventem para conseguirem atrair clientes e permanecerem em alta. Nesse cenário, investir em marketing sensorial pode colocar você um passo à frente da concorrência.

As nossas percepções sobre o ambiente ao nosso redor são construídas por meio dos nossos sentidos — tato, olfato, visão, audição e paladar. Essa característica pode trazer grandes benefícios para as empresas, como a forma como ela se comunica com o seu público, o que pode alavancar os resultados e melhorar as vendas.

Pensando nisso, vamos explicar por que a aplicação do marketing sensorial é importante para deixar uma loja mais atraente e potencializar as vendas. Acompanhe a leitura!

O que é o marketing sensorial?

O marketing sensorial, também chamado de Brandsesnse, consiste no investimento em estratégias de marketing que têm como objetivo a exploração dos sentidos. A proposta é atuar no subconsciente das pessoas para que elas avancem na jornada de compra.

Trata-se da associação de imagens, cheiros, músicas e figuras a uma determinada marca. Essa técnica foca nos cinco sentidos do corpo humano para despertar sensações agradáveis e proporcionar uma experiência única e positiva aos clientes.

A tecnologia é uma aliada durante esse processo de implementação de estratégias sensoriais aos produtos e serviços que são oferecidos pelas empresas.

Como os sentidos podem ser aplicados ao marketing sensorial?

Vamos mostrar, a seguir, os cinco sentidos que envolvem o marketing sensorial e como eles contribuem para que os clientes criem laços emocionais e psicológicos com a sua marca.

Também vamos descrever exemplos práticos para mostrar a importância desses elementos para melhorar a experiência do cliente e aumentar as vendas.

Visão

A visão é o sentido mais utilizado e, muito provavelmente, o mais importante. Quando estimulada de forma positiva, ela transmite e armazena informações sensoriais que ficarão guardadas na memória do indivíduo. Por causa disso, esse elemento sensorial é facilmente explorado pelas empresas.

Uma estratégia de marketing eficiente explora esse sentido por meio da confecção de um design de embalagem de produto que chama a atenção, uma vitrine bem montada, um layout responsivo e intuitivo, entre outras ações.

Além disso, é importante pensar na escolha das cores. Se utilizadas de forma correta, elas causam um grande impacto visual nos consumidores e têm o potencial de aumentar a confiança e de agregar valor à marca.

Olfato

Quem nunca entrou numa loja e se sentiu acolhido naquele ambiente graças ao aroma agradável no ar? Quantas pessoas compram livros só para terem o prazer de desfrutar daquele cheirinho das páginas?

O olfato exerce boa influência sobre os consumidores. O aroma tanto proporciona a eles uma experiência diferenciada quanto pode determinar a imagem que a empresa quer transmitir ao público (jovem, clássico, esportivo etc.).

As empresas que investem em métodos sensoriais adotam perfumes característicos que remetem à sua marca. Dessa forma, sempre que a pessoa sentir aquele aroma vai associar o cheio aos seus produtos e se lembrará da sua empresa.

Um caso de sucesso muito famoso é o das Lojas Melissa. Ao entrar na loja, o cliente é surpreendido com uma fragrância doce e atrativa, que remete diretamente à marca e se tornou uma característica inconfundível da empresa.

Algumas lojas vão além e comercializam o aroma que é utilizado no ambiente. Essa é uma prática comum principalmente em estabelecimentos voltados para o público feminino. É o caso dos setores de vestuário e de beleza, como o comércio de maquiagem e cosméticos, em geral.

Audição

Você já visitou um estabelecimento onde toca uma trilha sonora que agrada aos seus ouvidos a ponto de dar vontade de ficar por lá o dia inteiro? Esse é um clássico exemplo de como a sua audição está sendo explorada e, ao mesmo tempo, conquistada pelo marketing.

Esse sentido está associado às memórias e emoções. Por isso, escutar uma melodia agradável pode desencadear uma sensação de bem-estar e relaxamento. Assim, aquela empresa consegue proporcionar bons momentos e atrair a sua atenção.

Grandes empesas de varejo que comercializam itens de vestuário, por exemplo, buscam explorar a audição do público quando querem lançar uma coleção nova. Elas costumam tocar, em seus estabelecimentos, músicas atuais e que estão fazendo sucesso no momento.

Mas, veja bem: é importante manter um volume adequado, de forma que não cause o efeito contrário e espante os clientes.

Paladar

Já se perguntou qual é o segredo que faz o milk-shake do Bob’s ter um sabor tão gostoso? Ou, então, por que a Coca-Cola tem o gosto único e inconfundível?

Essas duas marcas apresentam uma característica singular e, assim, criam a sua impressão perante o consumidor.

Apesar de tentativas de imitações por parte da concorrência serem frequentes, é difícil conseguir o mesmo efeito. São dois exemplos de sucesso que demonstram o poder que o paladar tem de cativar o consumidor e alavancar as vendas.

Se a sua empresa não for do ramo alimentício, não se preocupe. Você pode adotar algumas estratégias que surtem bastante efeito, como disponibilizar cafezinho ou chá ao cliente que está no seu estabelecimento. Que tal ir além e oferecer biscoitos e balinhas, por exemplo? Essa prática encanta o consumidor e o faz se sentir acolhido e especial.

Tato

O tato, às vezes, é pouco valorizado durante a elaboração de estratégias de marketing sensorial, o que é um grande erro. É possível melhorar a relação entre a empresa e o consumidor apenas ao permitir que ele consiga experimentar os seus produtos. Para isso, disponibilize um mostruário que ofereça amostras grátis ou, então, provadores.

Essa técnica é bastante utilizada em lojas que vendem sofás, cadeiras e colchões. Antes de o cliente partir efetivamente para a compra, é importante que ele analise a consistência do material e a maciez, para que fique totalmente satisfeito com a aquisição daquela mercadoria.

Aplicar o marketing sensorial exige conhecimentos sobre a sua própria empresa e o consumidor. É importante escolher os sentidos que você vai explorar e as características da marca que serão enaltecidas para fisgar o público-alvo.

Apesar de parecer uma tarefa complexa, a relação custo-benefício é atrativa e logo você verá que é possível se destacar no mercado e fazer seu negócio crescer.

E aí, aprendeu a importância de adotar as técnicas de marketing sensorial? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro do assunto.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up