fbpx
Vendas

5 dicas de como melhorar as vendas na Black Friday!

novembro 5, 2018
Tempo de leitura 3 min

Desde 2010 a Black Friday no Brasil começou oficialmente para os lojistas brasileiros e eles não tem o que reclamar. Os números demonstram isso. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a edição do ano passado registrou uma movimentação de R$ 2,48 bilhões nas lojas virtuais do país. Cerca de 16% maior que o ano anterior. Ou seja, é um período já consolidado de vendas e que vem crescendo, tanto em lojas participantes quanto em lucro, ano após ano. E, para você revendedor não ficar de fora dessa, vamos deixar cinco dicas de como ajudar a ter melhores resultados nesse período e se preparar para uma demanda acima do normal.

Black Friday é DESCONTO de verdade!

Nada pior do que a loja que aumenta os preços dos produtos pouco antes de diminuir. Ou então, colocar um valor falso antigo para mostrar que o desconto está imperdível. Seja honesto na precificação e nos descontos, as pessoas vão pesquisar antes de comprar, afinal, todo mundo está em ofertas. Ah… e não adianta vir com descontinho, tá? O público está procurando chances imperdíveis, não R$ 5 OFF em um barbeador.

Foca na sexta!

Tudo bem você querer a semana inteira pra fazer promoções. Até mesmo o mês inteiro, com toda temática voltada pro Black Friday. Só não esqueça de uma coisa: ‘friday’, em inglês, significa ‘sexta-feira’. Portanto, deixe as melhores ofertas, que estão com o maior desconto ou então os melhores produtos, para a própria sexta-feira. Usar os dias durante a semana para aumentar o desconto de forma gradual, dia após dia, pode ser uma boa estratégia. Por exemplo, começar a semana com 10% OFF na segunda-feira e terminar no dia 23 de novembro, que é o dia que acontece a Black Friday no Brasil, com 50% OFF (ou o desconto que sua loja conseguir permitir para venda).

Formas de pagamento

Diversifique a forma de pagamento para que você facilite as compras. Se você está acostumado em só realizar as operações no cartão de crédito, abra espaço para o boleto bancário ou quem sabe dividir a compra em dois cartões para dar mais opções. Essas medidas podem ser tomadas somente nesse período, não precisam ser adotadas durante o ano todo.

Atendimento e estoque preparados

Se tem algo que pode te deixar com um nível alto de arrependimento é não vender maior quantidade de algum produto por que não estava com o estoque preparado pra isso. Analise bem as peças que você tem ‘paradas’ na empresa e esteja pronto para quando o período iniciar. O atendimento também é algo que deve estar como prioridade na sua atenção. Uma boa experiência na hora da venda faz com que, além de vender mais produtos, o cliente tenha satisfação em voltar a loja e até mesmo indicar para os amigos.

Redes Sociais

Não adianta você achar que trabalhar somente no offline vai te dar resultados iguais como se estivesse no online.  Se você ainda não tem seu negócio nas redes sociais, pare tudo que está fazendo! Crie uma conta agora e comece a pensar nas publicações que vai fazer dos seus produtos em promoção. Agora, se você já trabalha nas redes, chegou a hora de investir forte nos patrocínios. Separe uma graninha pra impulsionar os posts das suas melhores ofertas. E não se esqueça de responder todos os comentários e mensagens!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up